Autor: Winni Cott

Prazo para declaração de impostos

No Comments

O prazo para fazer a Declaração de Imposto de Renda 2019 já foi definido – será de março até o final de abril. Seguir esse prazo é fundamental para quem vai declarar IR 2019, já que quem não o fizer pagará uma multa que pode chegar até a 200 reais, de acordo com notas oficiais divulgadas sobre o Imposto de Renda 2019. Saiba mais, a seguir, sobre o Imposto de Renda 2019 e sobre como fazer Consulta.

Apesar de todos ouvirem falar sobre Imposto de Renda, poucos sabem o que significa o Imposto de Renda e porque devemos declará-lo. Confira essa explicação: Declarar o Imposto de Renda 2019 é obrigatório para aquelas pessoas – físicas – que obtiveram uma renda tributável que foi superior ao da tabela do ano passado, que chegou a R$22.487,25. O valor do Imposto de Renda 2019 poderá sofrer correções. A declaração do Imposto de Renda 2019 será realizada pela internet através da página oficial da Receitanet, no site da Receita Federal, onde inclusive pode-se fazer também Consulta sobre o Imposto de Renda 2019. Acesse: www.receita.fazenda.gov.br/pessoafisica/receitanet/default.htm.

Para evitar multa, é importante que os contribuintes façam uma consulta em relação à data final para a entrega do Imposto de Renda de 2019 – seja através do site da Receita Federal ou alguma unidade responsável em sua cidade. Lembrando que a entrega da declaração de Imposto de Renda 2019 só pode ser feita de forma online, através do site da Receita, em: www.receita.fazenda.gov.br. O contribuinte deve fazer, assim, o download do Programa RECEITANET para que possa realizar os procedimentos de declaração. É importante lembrar que o seu computador deve ter o sistema Java instalado, para que a declaração possa ser feita.

O contribuinte pode fazer Consulta sobre a sua declaração de Imposto de Renda 2019 além de outros tipos de consulta relacionadas ao Imposto de Renda na página da receita federal dedicada ao Imposto de Renda, em: www.receita.fazenda.gov.br/aliquotas/ImpSobrRenda.htm.

Categories: Notícias

Novo período de saques para o abono salarial é liberado

No Comments

O Programa de Integração Social, PIS foi criado pelo Governo Federal no ano de 1970 com o objetivo de oferecer aos trabalhadores brasileiros o direito de receber um benefício, viabilizando a melhor distribuição de renda no país. No entanto para receber esse benefício é preciso se encaixar em alguns requisitos. Confira quais são os requisitos que o trabalhador precisa ter para receber o PIS 2019.

  • Para receber o benefício do PIS, o trabalhador precisa estar cadastrado no programa a mais de 5 anos;
  • É necessário ter trabalhado no mínimo 30 dias no ano e ter recebido em média até dois salários mínimos;
  • O trabalhador brasileiro precisa ter seus dados informados corretamente na Relação Anual de Informações Sociais, no ano considerado.

Ainda existem muitos trabalhadores que não sabem se tem ou não o direito de receber o benefício do PIS PASEP 2019. Por isso, para solucionar essa dúvida de muitos trabalhadores brasileiros, existe uma central de atendimento que informa se o trabalhador tem direito ou não de receber o benefício. Para saber, basta ligar para o número 158 (ligação gratuita) e informar o número do CPF, assim você irá consultar o PIS.

Como consultar o saldo?

Para consultar seu saldo é muito simples. Acesse o site oficial da Caixa Econômica Federal no endereço eletrônico: http://www.caixa.gov.br/. Para ter acesso às informações do seu PIS, é preciso ter em mãos o número do seu PIS que já vem no cartão após o cadastro. Com esse número você pode acessar os dados do sistema quantas vezes quiser via internet.

Categories: Notícias

Projetos dos DETRAN’S de cada estado

No Comments

Dentro das atividades do Projeto Caravana DETRAN nos Municípios, foi realizado pelo Departamento de Trânsito de Pernambuco (DETRAN), em parceria com a Prefeitura de Gravatá, o Fórum de Educação de Trânsito. O evento, que aconteceu nesta quinta-feira (04), ocorreu no auditório da Escola Técnica Estadual Professor José Luiz Mendonça, no bairro do Jucá.

Realize hoje mesmo a inscrição no Educa+, um programa de bolsa de estudo brasileiro.

Na ocasião, além do interventor, Mário Cavalcanti, também estiveram presentes o presidente do DETRAN, Charles Ribeiro, o secretário de Infraestrutura, Serviços Públicos, Controle Urbano e Mobilidade, Carlos Júnior, e o secretário de Governo, Comunicação e Imprensa, Arthur Cunha.

O espaço ficou lotado e o público, em sua maioria, era formado por moto taxistas. Dinâmicas e vídeos educativos prenderam a atenção dos participantes que, no local, viam nas informações o cotidiano de suas profissões. Na ocasião, foram realizadas duas palestras: Segurança no Trânsito e Trauma de Face e Acidentes de Motos. Alunos da Universidade de Pernambuco (UPE), que fazem estágio nos dois hospitais de referência em acidentes no Estado, Hospital da Restauração e Hospital Regional do Agreste, participaram da ação levando informações e experiências vivenciadas.

O conhecimento e realização de cursos é muito importante, e se você não possui condições financeiras não há mais desculpas, pois o programa Educa Mais Brasil fornece bolsas de estudos de até 70%.

Em Gravatá, cerca de 12 mil motocicletas trafegam pela cidade. Por isso, a educação no trânsito é essencial para o convívio destes motoristas. O moto taxista, Rodrigo José, aprovou a iniciativa, “Foi muito importante ter participado desta ação. Percebi que cuidados simples podem evitar verdadeiras tragédias. O vídeo apresentado me chocou bastante. Vou procurar ter ainda mais cautela ao dirigir”, disse.

Mário Cavalcanti, aproveitou a ocasião para agradecer o apoio e parceria que o DETRAN tem dado à cidade. “Desde que chegamos aqui, o DETRAN está atuando e nos auxiliando em tudo o que precisamos. Um exemplo disso é a revitalização dos semáforos e os avanços em prol da municipalização do trânsito da cidade. O Fórum e a Caravana, como um todo, só vem reforçar o nosso agradecimento à autarquia pela atenção especial que tem com a cidade”, afirmou.

A Caravana DETRAN nos Municípios teve início em 2015. Desde lá, ela já visitou um total de 13 cidades. Este ano, as ações tiveram início em Gravatá. O objetivo é contemplar mais de 20 municípios. Durante a realização do evento, o presidente do DETRAN, Charles Ribeiro, reforçou o objetivo do evento. “O que queremos é educar a população mostrando, para todos, o conceito de educação no trânsito. Levando a informação às cidades, conseguimos reduzir os gastos excessivos na recuperação de acidentados”, salientou.

 

Categories: Notícias

Direitos de Benefícios a Aposentados

No Comments

Você sabia que mesmo depois de se aposentar você tem direito a diversos benefícios oferecidos pelo governo? Hoje vamos trazer todas as informações sobre como consultar o saldo PIS para aposentados. Ficar informado e saber de todos os seus direitos é uma obrigação de todo cidadão. Acompanhe nosso blog e saiba tudo sobre o saldo PIS para aposentados.

Muitos brasileiros já sacaram pelo menos uma vez na vida o benefício do PIS. Conhecido também como Abono Salarial, o PIS é considerado como uma renda extra para o trabalhador que o recebe. Muitas pessoas não sabem que esse benefício pode ser recebido mesmo depois de ter se aposentado.

Veja ainda mais informações no Calendário do PIS 2019!

Chamado de quotas, esse benefício que não foi retirado pelo aposentado fica retido aguardando o saque. É muito importante que o cidadão tenha conhecimento sobre o saldo PIS para aposentados.

Saldo PIS para Aposentados: O que são Quotas?

Todo trabalhador que se encaixa nos requisitos impostos pelo Governo Federal recebe o PIS. Acontece que alguns trabalhadores que atualmente já são aposentados não sacaram esse valor que tiveram por direito. Esses valores depositados entre os anos de 1971 até 1988 são chamados de quotas.

O aposentado poderá sacar esse valor a qualquer tempo e em qualquer agência da Caixa Econômica Federal, basta solicitar o benefício independente do calendário vigente do pagamento do PIS.

Vale lembrar que para saber o saldo PIS para aposentados o beneficiário precisa atender a todos os requisitos exigidos. Conheça quais são eles:

  • Ser aposentado;
  • Possuir algum benefício de assistência a pessoa com deficiência e ao idoso;
  • O participante ou o dependente precisa possuir alguma doença que esteja listada na Portaria Interministerial;
  • Ter idade igual ou superior a 70 anos;
  • Ser portador de alguma invalidez;
  • Morte do participante do programa;
  • O participante ser portador de câncer maligno;
  • Ser portador de AIDS/SIDA;
  • Ser militar e ser transferido para a reserva remunerada.

As quotas são atualizadas sempre ao final do exercício financeiro do PIS, geralmente por volta de 30 de junho, obedecendo sempre os índices estabelecidos pelo Conselho Diretor do fundo PIS/PASEP.

Quais são os documentos necessários para o saque?

Para realizar o saque, é necessária a apresentação de documentos de identificação com foto para evitar possíveis fraudes. Veja o exemplo de alguns deles:

  • RG;
  • CPF;
  • Carteira de habilitação;
  • Carteira de identificação militar;
  • Passaporte;
  • Carteira de trabalho;
  • Carteira de identidade de estrangeiros.

Para fazer o saque do valor das suas quotas, é necessário apresentar qualquer documento mencionado acima acompanhado do documento que comprove sua aposentadoria.

Como consultar?

Consultar o saldo PIS para aposentados é muito fácil e você poderá fazer pela internet ou pessoalmente. Veja quais são as maneiras que você pode realizar essa consulta:

  • Para consultar o saldo pela internet, basta acessar esse site, preencher o número do PIS e a senha. Caso não tenha cadastro nem senha, basta cadastrar uma na hora.
  • Se você já possua um Cartão Cidadão, basta utilizar os terminais de autoatendimento.
  • Se você preferir comparecer para consultar o seu saldo, dirija-se a uma agência da Caixa Econômica Federal e realize a consulta.

Viu como é fácil? Então não perca tempo! Consulte o seu saldo e saque a sua quota do PIS.

Categories: Notícias

Relação do Cadastro Único com Programas Sociais

No Comments

O Cadastro Único (também conhecido como CAD) tem como principal objetivo poder caracterizar e agrupar as famílias de baixa renda em situação de pobreza (ou pobreza extrema). Ter os dados de sua família inseridos no Cadastro Único traz uma série de benefícios. O maior deles é a possibilidade de poder ser incluído em programas de assistência social e distribuição de renda, como o Bolsa Família 2019.

CADASTRO ÚNICO – BOLSA FAMÍLIA 2019

Desde sua criação em 2001, o Cadastro Único já passou por diversas reformas em busca de aprimoramento. Esse cadastro nada mais é do que um enorme banco de dados que contém as principais informações das famílias cadastradas. Algumas delas são:

  • Rendimentos da família;
  • Características do domicílio;
  • Quantidade e nível de escolaridade dos membros;
  • Gastos com despesas dos mais variados tipos como aluguel, transporte, saúde, alimentação etc;
  • Qualificação profissional dos membros;
  • Situação no mercado de trabalho.

O Cadastro Único é a porta de entrada para que você possa receber ajuda do Governo Federal. Hoje, vamos entender qual é a relação entre ele e o Bolsa Família 2019. Aproveite para ver outras informações a respeito do Calendário Bolsa Família 2019, clique aqui!

O que o Cadastro Único tem a ver com o Bolsa Família?

Antes de qualquer coisa, é importante entender o seguinte: o Cadastro Único é apenas uma fonte de informação para o Governo. Ter seus inseridos no CAD não implica na inclusão automática em nenhum programa assistencial. Cada programa tem suas regras – o Cadastro Único serve apenas para que o Governo “saiba que você exista” e possa, assim, determinar se você está apto a receber o benefício ou não.

A relação entre o CAD e o Bolsa Família 2019 é muito simples: uma vez que o Governo tem acesso às informações da sua família, ele poderá analisar e determinar em quais programas assistenciais ela pode ser incluída. O Bolsa Família 2019 é um deles. Portanto, para que você possa ficar “visível” para o governo, esse cadastro é necessário.

Cadastro Único: como fazer?

Inserir as informações da sua família no Cadastro Único é muito simples. Você precisa ir até o CRAS (Centro de Referência e Assistência Social) de seu município. Se você nunca ouviu falar sobre o CRAS e não tem ideia de onde encontrá-lo, não se preocupe, nós iremos ajudá-lo.

  • PASSO 1: Acesse o seguinte endereço: http://aplicacoes.mds.gov.br/sagi/FerramentasSAGI/Mops/
  • PASSO 2: Localize seu estado no mapa e clique nele. No exemplo abaixo, clicamos em São Paulo.
  • PASSO 3: Agora, selecione o seu município.
  • PASSO 4: Em seguida, clique na opção “Unidades Públicas da Rede de Proteção Social Básica (CRAS)”.

Após seguir esses 4 passos, você poderá visualizar todas as unidades CRAS presentes em seu município.

Vale ressaltar que, dependendo do município, é necessário realizar um agendamento para a inclusão de sua família no Cadastro Único. Para que você não corra o risco de perder a viagem, após encontrar a unidade de sua preferência, entre em contato por telefone e informe-se se o cadastro pode ser feito.

Além disso, há dois requisitos essenciais que precisam ser preenchidos para que você possa participar do Cadastro Único. São eles:

  • Ganhar, no máximo, meio salário mínimo por pessoa;
  • Ganhar, no máximo, três salários mínimos de renda total mensal.
  • Se você cumpre esses requisitos, pode participar do Cadastro Único e, assim, ter a chance de ser incluído no Bolsa Família 2019.

Categories: Notícias

Prazo para desconto de 10% em IPVA de placas com final 9 termina nesta sexta-feira

No Comments

O IPVA 2019 RJ você deve pagar de acordo com o calendário. Procure consultar a data determinado para o pagamento do seu IPVA 2019 RJ e procure não atrasar o mesmo, assim você evita incidência de juros e não corre o risco de perder os descontos concedidos.

IPVA é um dos impostos que mais preocupa os contribuintes pelo fato dele ter um valor alto e ser cobrado em qualquer época do ano, mas tudo vai depender de como o Detran vai organizar o calendário. É pelo calendário que sabemos quando efetuar o pagamento do IPVA.

  • Informe-se também a respeito do Seguro DPVAT 2019!

Você verá como obter informações a respeito desse calendário e sobre como efetuar o pagamento do imposto. O imposto que é obrigatório e anual, só fica dispensado do pagamento quem tem veículos isentos por idade e também aqueles que possuem baixa cilindrada.

Procure saber mais detalhes sobre esse imposto e não deixe para pagar de última hora, se organize e mantenha o mesmo em dia para não ter problemas. Lembre-se também de pagar outros impostos do seu veículo como o DPVAT 2019 RJ, um seguro que indeniza as vítimas de acidentes de trânsito.

TABELA PAGAMENTO IPVA

Tabela de pagamento IPVA 2019 RJ quem desenvolve é o próprio DETRAN do Estado do Rio de Janeiro, através dela é possível saber quando efetuar o pagamento desse imposto.

O calendário é organizado com base no último número da placa do veículo. Todos os anos o Detran atualiza esse calendário.

O mais importante é não perder os prazos de pagamento, se isso ocorrer você não tem direito ao desconto que é oferecido na cota única e ainda por cima vai pagar juros pelo atraso. Entre outros problemas decorrentes.

EMISSÃO GUIA IPVA

Você poderá efetuar a emissão da sua atrás atendimento online da Secretaria de Estado da Fazenda.

Através do site desse órgão é possível fazer a emissão da Guia IPVA Rio de Janeiro 2019.  Abaixo explicamos detalhadamente como efetuar passo a passo:

  • Site da SEFAZ: www.sefaz.rj.gov.br
  • Preencha os dados para emitir o documento.
  • Preencha os dados para emitir o documento.
  • é necessário que você informe o número do RENAVAM do veículo e clique no botão consultar;
  • na guia poderá ser impressa de acordo com a forma de pagamento escolhida pelo contribuinte.

FORMAS DE PAGAMENTO

Essas são as formas de pagamento disponíveis para que você possa efetuar a quitação do IPVA 2019:

  • pagamento em cota única com desconto de 10%;
  • pagamento em até três cotas, sem incidência de desconto.

Escolha a melhor maneira para que você possa fazer a quitação do imposto, e sempre priorizando o prazo de pagamento, que é muito importante.

Categories: Notícias

360 mil carros ainda estão sem licenciamento

No Comments

O Detran que é o órgão responsável pelo licenciamento 2019 ainda não divulgou maiores informações sobre o documento que é obrigatório e anual. É extremamente importante que seu veículo esteja com o licenciamento 2019 em dia, pois esse documento é quem atestara para os devidos fins que o seu veículo está apto para circular sem nenhum impedimento.

Para aqueles que possuem dúvidas sobre o licenciamento preparamos um post com informações que vão com a documentação do seu veículo.
Vamos entender melhor como funciona o licenciamento 2019, sua tabela, valor e Detran. Preparamos esse post para que você possa se manter informado sobre o mais importante e assim consiga manter em dia o licenciamento do seu veículo.

Licenciamento 2019

Para quem ainda possui dúvidas sobre o que é o Licenciamento 2019 vamos esclarecer agora, esse é um documento que tem por objetivo atestar que o seu veículo está regularizado para que possa circular em condições pelo trânsito.

Esse documento deve ser atualizado anualmente, e por esse motivo hoje trataremos sobre o Licenciamento 2019.

Valor

O valor do licenciamento 2019 MG pode variar de estado para estado, esse valor gira em torno de uma taxa de R$150,00, porém para que você saiba o valor exato é preciso verificar junto ao Detran da sua cidade.

Dependendo do estado essa taxa do Licenciamento 2019 pode ser menor, o importante é lembrar que você proprietário do veículo não pode deixar de ficar em dia com esse documento, para que possa assim circular com seu veículo sem maiores problemas. Aproveite para também se informar sobre o IPVA 2019 DF!

Tabela

A consulta a tabela de Licenciamento 2019 é importante para que você fique informado sobre as datas para efetuar a renovação do seu documento. Essa tabela é divulgada pelo Detran do seu Estado e por esse motivo é importante que você fique atento as atualizações que ocorrem no site.

Todo ano a tabela do licenciamento é atualizada, por esse motivo ainda não foi divulgada a tabela referente ao licenciamento 2019, assim que for liberada essa tabela e disponibilizada no site do Detran do seu estado.

Detran

O Detran (Departamento Estadual de Trânsito) fica responsável pelo licenciamento 2019, desta maneira as informações atualizadas partem deste órgão.

Existe um site para o Detran de cada estado, para facilitar a liberação de informações, desta maneira a melhor forma de obter novas informações sobre o Licenciamento 2019 é acessando o site do Detran do seu estado.

Fique atento a informações como prazos para a renovação do documento, pois caso não esteja em dia com o licenciamento 2019 o seu veículo fica vulnerável a receber multas de trânsito e até mesmo uma apreensão.

Vale lembrar que o contribuinte pode também atualizar o seu licenciamento 2019 de duas maneiras diferentes, tornando assim o processo mais cômodo. As maneiras para a atualização é presencialmente ou pelos Correios.

Categories: Notícias

Como saber quais são seus direitos como trabalhador

No Comments

São muitos os trabalhadores que tem dúvida na hora de saber qual o valor do PIS Abono a ser recebido por eles. Essa dúvida é normal, pois devido a carência desse tipo de informação, faz com que as pessoas fiquem inseguras e com dúvidas sobre qual o valor que irão receber.

Talvez você não saiba, mas é muito comum se falar por aí que o trabalhador para receber o abono salarial do PIS/PASEP deve ter recebido até dois salários mínimos no ano base.

Muitas pessoas têm dúvida sobre como é feito o cálculo do salário mínimo médio para recebimento do abono salarial do PIS/PASEP. Pensando nessa necessidade de informação criamos esse explicativo de como é feito o cálculo do PIS.

Primeiro você precisa saber a média de salários recebidos e ver se se enquadra na categoria dos que receberam até dois salários mínimos. Veja abaixo como calcular PIS.

Conferindo o calendário PASEP 2019 ou PIS você saberá quando irá sacar o seu benefício e terá melhores informações.

Suponhamos que Antônio, trabalhou de carteira assinada nos últimos 12 meses com um salário de R$ 724,00. Usaremos a formula abaixo de cálculo PIS/PASEP para saber a média do salário de Antônio e se ele tem direito ao PIS Abono com base no salário recebido.

SAL = Salário Recebido

MT = Meses Trabalhados

SB = Salário Bruto

MS= Média de Salário

Tomemos então os seguintes dados para o funcionário Antônio.

SAL = R$ 724,00

MT = 12 Meses de Trabalho

SB = Salário Bruto

MS = ?

Com esses dados aplicamos a formula

SAL x MT = SB/ MT = MS

Usando os dados do Antônio funcionário acima:

R$ 724,00 x 12 : R$ 8,688.00 / 12 : R$ 724,00 ( Média Salarial.)

Vemos que a MS = Média Salarial de Antônio foi de R$ 724.

Nesse caso ele está apto a receber o PIS 2015, pois está dentro do teto que limita o direito de receber o PIS trabalhadores que tenham ou estejam dentro do teto de até dois salários mínimos que no momento é de R$ 1,448.00.

A métrica de cálculo do PIS/PASEP é simples para qualquer que seja os valores recebidos. Se por ventura você recebeu salários com valores distintos basta apenas somar todos eles e dividir pelo número de meses trabalhados e assim você terá a sua média salarial.

Categories: Notícias

Reajuste de Impostos causa reclamações no Rio de Janeiro

No Comments

Os contribuintes poderão efetuar o pagamento do IPTU Rio de Janeiro 2019 em cota única ou de forma parcelada. O IPTU Rio de Janeiro 2019 é um imposto obrigatório, a data de vencimento é estabelecida pela Prefeitura Municipal.

IPTU Rio de Janeiro 2019

As pessoas que possuem imóveis registrados na cidade de Rio de Janeiro devem consultar as informações sobre o pagamento do IPTU 2019 para evitar incidência de juros e demais problemas decorrentes do atraso na quitação do tributo.

No ano anterior, a prefeitura disponibilizou o acesso ao boleto de pagamento no mês de janeiro. Para o exercício de 2019 ainda não temos informações sobre quando estará disponível. Assim que a prefeitura disponibilizar as informações, atualizaremos com mais detalhes para você consultar.

2 via IPTU Rio de Janeiro 2019

A 2 via IPTU Rio de Janeiro 2019 é um documento que pode ser emitido no site da prefeitura ou no atendimento presencial desse órgão. Caso você opte pelo atendimento presencial, não se esqueça de levar os dados pessoais do proprietário do imóvel.

O carnê de pagamento do IPTU é enviado para o endereço do proprietário. No caso de perda ou não recebimento do mesmo, é possível fazer a emissão pela internet. Mais adiante explicamos como esse recurso funciona e como você pode utiliza-lo:

  • Site para emissão da 2 via: http://scim.geometrus.com.br:83/mvia2_boletos/lista
  • Você vai precisar informar o número da sua Inscrição ou Cadastro;
  • A segunda via pode ser impressa tanto para pagamento a vista, como parcelado.
  • O contribuinte não precisa pagar nada para fazer a emissão da segunda via desse documento.

O valor passa por reajustes todos os anos. No exercício anterior, o reajuste para alguns bairros do litoral foi tão alto que aumentou até oito vezes em relação ao ano anterior. As expectativas para 2019 não são altas, mesmo por que houve muitos pedidos de revisão para os valores excessivos.

Opções de Pagamento

O valor é calculado de acordo com o valor venal do imóvel. Fazendo a emissão do documento de pagamento é possível consultar o valor cobrado.

Para permitir que os contribuintes paguem o imposto em dia, a Prefeitura disponibiliza duas formas de pagamento, conforme mencionado no início do post.

É possível efetuar o pagamento IPTU Rio de Janeiro 2019 nas seguintes opções:

  • Pagamento à vista – essa opção concede ao contribuinte um desconto de 3,5%, desde que o boleto seja pago até a data de vencimento;
  • Pagamento parcelado – essa opção não oferece desconto, mas também não incide juros. O parcelamento pode ocorrer em até 12 vezes.

Categories: Notícias

Informações sobre o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial

No Comments

Senac DF 2019 – Atuante de Norte a Sul do País, o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) tem como missão contribuir para a formação e especialização de jovens e adultos para que os mesmos adquiram melhores condições no mercado de trabalho.,

Para que isso seja possível a instituição dispõe de unidades de capacitação e de uma equipe especializada para atender as demandas de todas regiões. Se você é do Distrito Federal, confira mais informações sobre o Senac DF e como se inscrever nos cursos disponíveis pela instituição.

Com quase 50 anos de fundação, o Senac DF nasceu em 1967, e desde então já atendeu mais de dois milhões de alunos. O objetivo é oferecer cursos profissionalizantes a toda à população e, por isso, tem contribuído para o desenvolvimento econômico e social de toda a região e do país como um todo.

O Senac disponibiliza cursos que atendem à demanda real e as necessidades do mercado onde está inserido, visando suprir também o anseio das empresas que necessitam de mão de obra qualificada para continuar produzindo. Os cursos são oferecidos para o setor de comércio de bens, serviços e turismo.

Em parceria com o Senac Nacional, o Senac Distrito Federal disponibiliza desde 2005 cursos de graduação aprovados pelo Ministério da Educação e desde o ano de 2008 também oferta diversos cursos de pós-graduação.

As áreas exigem modalidade presencial, mas também podem ser realizadas pelo método de ensino da Educação à Distância. O Senac DF está distribuindo através das seguintes unidades: Ações Móveis, Ceilândia, EAD, Faculdade Senac, Gama, Jessé Freire, Sobradinho, Taguatinga, Unidade de Gastronomia e 903 Sul.

Cursos Técnicos

Os cursos Senac DF, poderão ser acessados através do endereço eletrônico www.senacdf.com.br. Eles estão distribuídos nas seguintes modalidades:

  • Cursos Livres;
  • Cursos Técnicos;
  • Gastronomia;
  • Educação à Distância;
  • Graduação;
  • Pós-Graduação.

Os Cursos Livres estão distribuídos nas seguintes áreas:

  • Ambiente e Saúde;
  • Gestão e Negócios;
  • Produção Alimentícia;
  • Informação e Comunicação;
  • Produção Cultural e Design;
  • Turismo,
  • Hospitalidade e Lazer;
  • Segurança e Idiomas.

Já os cursos Técnicos são apresentados nas seguintes modalidades:

  • Análises Clinicas;
  • Enfermagem;
  • Contabilidade;
  • Farmácia;
  • Informática;
  • Logística;
  • Massoterapia;
  • Nutrição e Dietética;
  • Secretariado e Segurança do Trabalho.

Na modalidade Gastronomia, os cursos Senai DF 2019 que estão à disposição dos interessados, são:

  • Tortas e Doces;
  • Auxiliar de Cozinha;
  • Cozinha Básica;
  • Cozinheiro;
  • Bartender;
  • Confeiteiro;
  • Garçom;
  • Massas e Molhos;
  • Padeiro;
  • Salgadeiro;
  • Preparo de Sushi;
  • Produção de Pães Caseiros;
  • Artesanais, e Pizzaiolo.

Os demais cursos Senac DF são oferecidos nas seguintes áreas:

  • Gestão e Negócios;
  • Arquitetura e Urbanismo;
  • Comunicação e Artes;
  • Design;
  • Desenvolvimento Social;
  • Educação;
  • gastronomia;
  • Eventos e Lazer;
  • Hotelaria e Turismo;
  • Saúde e Bem-Estar;
  • Limpeza;
  • Conservação e Zeladoria;
  • Tecnologia da Informação;
  • Idiomas;
  • Moda e Meio ambiente;
  • Segurança e Saúde no Trabalho.

Inscrição para Cursos Técnicos

Para realizar sua inscrição Senac DF o interessado poderá acessar o site abaixo, escolher o curso de interesse e preencher a ficha de inscrição informando todos os dados cadastrais solicitados. Além disso, basta cadastrar o E-mail e a senha no site para receber todas as novidades dos cursos Senac Distrito Federal 2019.

Acesse: www.senacdf.com.br.

As inscrições Senac DF 2019 também poderão ser realizadas em qualquer unidade da instituição no Distrito Federal, pessoalmente. Para os cursos básicos, o interessado deverá apresentar os documentos abaixo:

  • RG;
  • CPF;
  • Comprovante de escolaridade;
  • Comprovante de residência;
  • comprovantes exigidos conforme a idade do aluno.

Para os cursos técnicos, deverão ser apresentados também os seguintes documentos: título de eleitor, certidão de nascimento ou casamento, fotos 3×4 e certificado de alistamento militar. É importante salientar que todos os documentos deverão conter originais e cópia.

Endereço e Telefone Senac

Todas as informações do Senac Distrito Federal e suas unidades poderão ser acessadas no site www.senacdf.com.br. A sede do Senac DF está localizada na 903 Sul, lote A, SEUPS 703 / 903, na Asa Sul, em Brasília – capital do Distrito Federal. O telefone é o (61) 3217-8821.

Agora que você já sabe todas as informações sobre os cursos gratuitos Senac DF 2019, realize já sua inscrição e garanta sua vaga. Não perca tempo, se possuir alguma dúvida deixe um comentário abaixo. Boa sorte!

Categories: Notícias